Orientação Profissional – conhecendo as profissões: Fonoaudiólogos - Flávio Hastenreiter - Terapia Cognitivo-Comportamental
1115
post-template-default,single,single-post,postid-1115,single-format-standard,bridge-core-1.0.4,ajax_fade,page_not_loaded,,qode_grid_1200,qode-content-sidebar-responsive,qode-theme-ver-18.0.9,qode-theme-bridge | shared by vestathemes.com,wpb-js-composer js-comp-ver-5.7,vc_responsive
 

Orientação Profissional – conhecendo as profissões: Fonoaudiólogos

Orientação Profissional – conhecendo as profissões: Fonoaudiólogos

O que fazem:

Fonoaudiólogos são profissionais da área da saúde responsáveis pelo tratamento de pacientes portadores de problemas de fala e voz como mudez, erros de dicção, gagueira e dificuldade de aprendizado – problemas que acabam prejudicando a capacidade geral de comunicação. Além de prevenir o desenvolvimento da doença, o fonoaudiólogo pesquisa e avalia suas possíveis causas para depois aplicar a terapia capaz de curá-la. Atuam sozinhos ou parceria com outros profissionais da área de saúde e educação, utilizando métodos específicos para cada tipo de paciente e de distúrbio.

Características pessoais:

Autocontrole;
Boa audição e dicção;
Capacidade de comunicação;
Capacidade de concentração;
Capacidade de observação;
Criatividade;
Equilíbrio emocional;
Facilidade de expressão;
Firmeza;
Objetividade;
Paciência;
Perseverança;
Senso prático;
Vontade de ajudar o próximo.

Imperfeições na fala podem acarretar sérios problemas de comunicação em crianças e adultos. São distúrbios que, na maioria das vezes, têm cura. O acompanhamento profissional é importante e deve ser feito pelo fonoaudiólogo.

Fonte: Guia de profissões.